19 de abr de 2010

A estrela brilha no Rio!!

E no fim do Carioca quem acabou ficando com a taça foi...foi...foi...o patinho feio.
Assim, os comentaristas de futebol definiram o Botafogo no inicio do ano quando as contratações feitas pela diretoria alvinegra foram nada animadoras, exceto pela dupla de ataque sul-americana, Herrera, a garra argentina e o "Loco" uruguaio Abreu.
Quando esta mesma diretoria manteve o técnico Estevam Soares, todos se perguntaram:
- Pra quê?
- Por quê?
E assim o caminho foi natural, o Botafogo levou uma surra do Vasco, em pleno Engenhão, e o treinador caiu.
Coisas do futebol que nunca mudam...
Fim do Capitulo 1

Chegou então ao Botafogo o desacreditado Joel Santana, excurraçado da África do Sul.
E este conseguiu em menos de 1 mês levar um time sem alma, sem coração, e principalmente sem futebol, a ser o campeão da Taça Guanabara, eliminando na semi-final o campeão brasileiro Flamengo.
Na final deste primeiro turno, o Botafogo encontraria novamente a equipe que pôs toda a honra dos botafoguenses no lixo, o Vasco. Conseguiria enfim a vitoria? E conseguiu!
E tava carimbada a passagem pra final do Carioca 2010.
Faltaria agora saber apenas o adversário. Ou alguém poderia acreditar que esta equipe, o patinho feio dos grandes cariocas, levaria também a Taça Rio, terminando assim um tabu de 12 anos(desde 98, com o Vasco, um clube não era campeão sem a necessidade de final)?
Fim do Capitulo 2

Na Taça Rio, novamente o clube de General Severiano foi aclamado como patinho feio.
E novamente o time foi "comendo pelas beiradas", terminou em primeiro lugar no grupo, perdendo apenas um jogo, contra o Fluminense, e por coincidências do futebol faria a semi-final justamente contra o próprio tricolor.
E o patinho feio atacou novamente e eliminou o rico time das Laranjeiras, chegando a mais uma final, esperando agora o adversário do outro jogo, entre Flamengo e Vasco.
Seria o carrasco rubro negro das ultimas finais?
Ou seria a redenção cruzmaltina?
Quis o destino que os caminhos de Botafogo e Flamengo se cruzassem novamente.
Fim do Capitulo 3

Ao entrarem em campo de mãos dadas, numa homenagem a vitoriosa Seleção de 94 , campeã mundial, os gladiadores alvinegros quiseram mostrar a sua torcida o quanto estavam focados num objetivo. Terminar naquele jogo com o chato Cariocão 2010.
E queria o destino, olha ele novamente presente, que o jogo fosse decidido nos penaltis, mas não depois do tempo normal, como foi nas decisões de 2007 e 2009, e sim durante os 90 minutos.
Para a alegria botafoguense o percurso da bola nesse ano foi a rede, no caso a rubro-negra.
Herrera, a garra argentina, e o completamente frio e "Loco" Abreu, converteram suas penalidades, vencendo o invencível, o goleiraço Bruno.
Do lado da equipe da Gávea, o jogo foi terrível, seus jogadores não conseguiram em momento algum tomar a rédea da "luta" e seu "Império do Amor" foi uma peça única,Vagner Love, artilheiro do campeonato. A outra peça do Império, o "Imperador Adriano" teve a chance de empatar o jogo em 2x2( se o placar fosse esse ao final ninguém ficaria surpreso), mas desperdiçou o penalti, parando na muralha alvinegra, Jefferson, que lembrou os bons tempos de Vagner, seu atual preparador de goleiros.
No fim prevaleceu a luta dos comandados de Joel Santana. Fim da Taça Rio. Fim do Campeonato Carioca 2010. Botafogo campeão pela 19 vez.

Jefferson, Fahel, A.Carlos e Fabio Ferreira; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio Souza, Renato Cajá e Somalia; Herrera e Loco Abreu - entraram para a história alvinegra.

Um título em homenagem ao Mestre Armando Nogueira, botafoguense roxo, falecido recentemente. E este tinha uma frase que resume o que é o Botafogo.

" O Botafogo é bem mais do que um clube, é uma predestinação celestial."

2 comentários:

  1. Foooogo!!

    Muito bom seu texto, Carlitos. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Vou ler o texto muitas vezes, além de muito bem escrito, lava a alma tão torturada de todos os botafoguenses. Parabéns, Zozô!
    Muitos beijos alvinegros,
    Pilar

    ResponderExcluir