12 de jun de 2010

England x USA


Grupo C na África do Sul:

"U.S. earns stunning 1-1 draw with England as GK Robert Green gives Yanks big World Cup gift"

Este foi o titulo do jornal nova iorquino, o New York Daily News.
Isto e, podemos resumir em:
- Graças ao goleiro inglês, os Estados Unidos saíram de campo com um presente, o empate.

No jogo entre a Inglaterra e os Estados Unidos ninguém saiu ganhando. Quem imaginava que o gol de Gerrard, ala Romario, com uma finalização precisa, transformaria o jogo mais aberto e de alto nível, perdeu tempo.
E o jogo que já tinha entrado para a historia como um dos jogos de alto risco, entrou também para sempre na memoria dos ingleses como aquele em que o seu goleiro engoliu o famoso frangaço.
Que saudades do Peter Shilton, pensaram os ingleses, ao verem o seu goleiro "verde" destruir o seu resultado simples.
Antes do jogo comentei com amigos que já esperava um gol da seleção norte americana, porque eles sempre "acham" um gol, e nesta estreia em 2010 não foi diferente.
Fica a decepção pelo Rooney, que não apareceu com tanto perigo, e fica também a tristeza por um inicio de Copa do Mundo abaixo do esperado, com poucos gols e com muitos empates nesta 1a fase.
Em Copa do Mundo pode se esperar tudo, mas com certeza ninguém esperava por esse "peru" do goleirinho inglês.
Aposto que o movimento foi grande nos pubs ingleses ao redor da ilha.
Ao invés de alegria, no entanto, a decepção e a incerteza de atingir uma ida mais longe em terras africanas tomaram os pensamentos ingleses.

Que amanha, logo cedo as 8:30, Argélia x Eslovênia façam um jogo mais aberto e com chances de gol. Seria ilusão esperar por isso?

Que apareça a surpresa dos pés argelinos e eslovenos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário