13 de jan de 2010

O Hepta Schumacher na F-1


Está notícia não é nova mas tinha me chamado a atenção antes e agora resolvi escrever sobre o assunto:

O alemão Michael Schumacher está de volta ao circo da F-1 em 2010.

Michael Schumacher não resistiu a tentação de voltar a dirigir um F-1 e atendeu um chamado de seu antigo chefe, Ross Brawn(diretor chefe da Mercedes GP).Este ao ver a ida do campeão de 2009 , Jenson Button, para a rival Mclaren percebeu que teria que agir com cautela para recompor o lugar do inglês. Não poderia ser um estreante e nem alguém que já estava no grid sem fazer "alarde".
O brasileiro Rubens Barrichello já tinha acertado com a Williams, portanto estava descartado, e a Ferrari tinha cogitado colocar o então diretor da equipe Michael Schumacher no lugar do acidentado Felipe Massa, provando assim que o alemão estava em forma para correr.
Esse pensamento deve ter vindo na cabeça do Ross Brawn e quando a Mercedes acenou positivamente para a possibilidade, não pensou duas vezes e foi conversar e fazer uma proposta pelo retorno do maior campeão da F-1.
Mas é claro que não foi só o amor pela alta velocidade que fez Michael Schumacher aceitar o convite.
O alemão, que tem sua fortuna avaliada em nada mais nada menos do que R$600 milhões, irá receber por temporada da Mercedes, R$17 milhões. Sem contar os patrocínios pessoais...
Essa volta irá fazer bem não somente pelo espírito de luta nos outros pilotos, quem não iria gostar de desbancar o "maioral da F-1", como também financeiramente, onde a categoria teve algumas perdas, como as escuderias Renault e Toyota.
Seja bem vindo Schumacher, um dos melhores pilotos de F-1 que já vi correr.
O circo da F-1 agradece a sua volta, mesmo que não resulte em título.

Nenhum comentário:

Postar um comentário