15 de mar de 2010

Santos x Palmeiras na Vila!

Santos x Palmeiras na Vila Belmiro.

Os meninos da Vila pareciam que iam aprontar novamente, porém esqueceram de avisa-los que o Palmeiras não e nenhum timinho.

Já no inicio do jogo o lateral esquerdo Para fez um golaço, sem querer, mas digno de se assistir varias vezes. O corte lindo no zagueiro e o chute de direita, por cobertura, no goleiro pentacampeão Marcos.

Logo depois foi a vez do Paulo Henrique Ganso aparecer no jogo e dar um passe açucarado pro Neymar fazer outro golaço, e também sem querer. Vendo no replay, pode-se notar que o promissor atacante da Vila chuta a bola prensada no próprio pé e encobre novamente Marcos, que estava saindo do gol.
E quando parecia que o jogo estava controlado pelo time santista, o Palmeiras, dado como morto no próprio campeonato, diminui com o atacante Robert aos 41mins.
E o mesmo Robert, concluindo de "prima" uma bela jogada de Diego Souza e Armero deixou tudo igual na Vila e fez a festa da torcida palmeirense com direito a dancinha e tudo.

Fim do primeiro tempo, o placar de 2 x 2 já indicava que aquele jogo poderia ser histórico.

E o segundo tempo se confirmou que teríamos ainda mais emoção, boas jogadas, dribles!

O Palmeiras chegou a virada com seu melhor jogador, Diego Souza, que quando resolve jogar, decide, chama a responsabilidade pra si. Foi assim na jogada do primeiro gol ao dar um passe de calcanhar pro cruzamento, já no lance do terceiro se aproveitou de uma rebatida da trave, após cobrança de falta ensaiada.

O placar que era 2x0, virou 2 x 3. Incrível! E ainda tinha muito jogo pela frente.

O técnico do Santos, Dorival Júnior resolveu mexer no time e colocou em campo o habilidoso Madson, que já tinha feito dois gols na goleada de 10x0 pela Copa do Brasil. E mostrou que o treinador tinha razão em confiar no seu futebol.
Foi dele o gol de empate santista. Outro lindo passe de Paulo Henrique "Ganso" e mudava novamente o placar. 3 x 3 e tome dancinha santista na comemoração.
Pronto, agora o jogo está resolvido. De jeito algum. A partida só termina quando o juiz apita.

E o quarto gol palmeirense chegou num vacilo da defesa santista. Uma falta em seu campo, um toque lento do zagueiro Durval para Arouca, fez com que este jogador fosse cercado imediatamente por 3 jogadores do Palmeiras, quer roubaram a bola.
A redonda procurou um dos destaques do jogo, Robert, que da intermediaria soltou um "canudo" e pegou o goleiro Felipe, muito bom por sinal, desprevenido e deu números finais ao clássico.

Agora sim, placar final Santos 3 x 4 Palmeiras. E a equipe do Palestra Itália está de volta ao campeonato Paulista, mesmo que se encontre apenas no sétimo lugar!
E ao Santos fica a lição de que não pode confundir Palmeiras com Nivaraiense.
E a promessa Neymar fica a lição de que precisa colocar a cabeça no lugar e pensar um pouco nos seus atos. Contra o Corinthians foi o "balãozinho" no zagueiro Chicão com a bola parada, ontem foi a expulsão ao dar um pontapé no Pierre. E ainda saiu xingando o juiz de tudo quanto é nome.

Parábens ao Palmeiras que soube usar a boa fase do Santos como fator motivacional.
E ontem quem agradeceu foram os torcedores, de ambos os times, e também torcedores de outros times do Brasil pelo espetáculo proporcionado pelos jogadores.

E no fim quem saiu vencedor do jogo foi o...

Nenhum comentário:

Postar um comentário